Entidades/OnGs

Entidades/OnGs

Uma Organização sem Fins Lucrativos vive de doações ou de financiamentos por meio de projetos. Engana-se as entidades deste setor que não estão atentas à comunicação. As OnGs têm em sua linha dorsal a defesa de direitos e, por isso, são importantes para a sociedade como um todo. Por um lado, elas atuam diretamente com seus públicos-alvo e por outro, elas pressionam para que o Estado e a sociedade se atentem para suas causas.

Ora, se empresas privadas investem milhões e milhões para manter projetos sociais que irão beneficiar, de certa forma, a sociedade, seria muita falta de visão das OnGs se elas fechassem os olhos para a comunicação. A comunicação das OnGs ajuda a disseminar seus propósitos e dar visibilidade para a defesa de direitos dos cidadãos que são muitas vezes renegados, não reconhecidos e não tratados pelo Estado.

Uma OnG tem tudo que uma empresa privada gostaria de ter, o apelo social e o trabalho direto com a sociedade. No entanto, esses atributos valiosíssimos devem ser bem utilizado pela entidade para mobilizar a sociedade em prol dos seus objetivos e movimentar as empresas privadas para que elas invistam sua receita nessas organizações.

Outra função da comunicação nessas entidades é a ajuda na criação de projetos de captação de recursos, que serão apresentados para futuros financiadores. Nenhuma organização investirá em um projeto social que não traga retornos positivos, ainda mais quando se trata de mudanças na sociedade e reconhecimento da mídia para o que está sendo desenvolvido.